Acompanhamento de menores e idosos em viagem no exterior

Acompanhamento de menores e idosos em viagem no exterior

A parcela da população tida como a terceira idade está cada vez mais ativa. E com isso aumentaram o número de idosos viajando sozinhos, por conta própria, para se relaxar e se divertir. No outro extremo, temos pessoas muito jovens que vão conhecer outro país cada vez mais cedo para já agregar diferentes culturas à sua formação como pessoa.

Ambas as faixas etárias requerem cuidado e atenção especiais, cada um em sua maneira. Tentaremos explicar quais são as características e necessidades de cada grupo na hora de viajar sozinho.

Acompanhamento de menores e idosos em viagem no exterior

Viajando na terceira idade

Quando atinge uma certa etapa da vida o viajante necessita de mais cuidado, sejam eles médicos ou não. O idoso viajante pode já fazer uso de algum medicamento, ou ter alguma questão de saúde a ser observada, como pressão alta ou diabetes. Esses cuidados médicos podem causar um imprevisto de saúde, por isso recomenda-se que o turista depois de uma certa idade garanta sempre a cobertura do seguro viagem. O seguro viagem cobre as despesas médicas no exterior geradas por motivos de saúde ou acidentes, e há ainda grande oferta de coberturas adicionais.

Então, é importante que a saúde do viajante seja analisada antes da viagem. Uma consulta com antecedência antes da viagem é fundamental para por o médico da confiança a par dos planos de viagem. Se houver algum problema ou questão que necessite de mais atenção, o médico a abordará e ordenará alguns exames para se certificar de que tudo corra bem durante a viagem.

Infelizmente no mercado ainda há pouca oferta de pacotes de seguro viagem internacional especialmente pensados para viajantes da terceira idade viajando desacompanhados, mas os seguros mais genéricos que existem no mercado podem ser reforçados com coberturas adicionais para garantir uma viagem tranquila e boas lembranças.

Os poucos seguros de viagem focados no público da terceira idade tem o preço um pouco mais salgado. Mas compensam pela cobertura voltada para as necessidades dos idosos, com cobertura contra doenças pré-existentes. Em casos de necessidade, alguns preveem até hospedagem e passagens para acompanhantes irem encontrar os idosos no local da viagem.

 

Viagem para o menor de idade

As crianças de até 12 anos viajando desacompanhadas precisam, obrigatoriamente, da contratação do serviço de menor desacompanhado, que é fornecido pela própria ANAC. Também há a obrigatoriedade de uma autorização da vara da infância e da juventude para que a viagem possa ser realizada. É muito importante também a contratação de um seguro viagem para que a criança possa viajar com tranquilidade e os pais possam ficar menos preocupados.

No documento da vara da infância, deverá constar os dados da criança que viajará. Também deve ter os dados do responsável legal que embarcou o menor, e o do responsável que receberá a criança no aeroporto de destino. Esse documento precisa estar impresso e com firma reconhecida em cartório. É recomendado que esse documento seja entregue com certa antecedência para a companhia aérea para evitar atrasos na hora do embarque.

Costuma ser cobrada uma taxa extra para esse serviço de menor desacompanhado, pois durante todo o voo, um membro da tripulação sempre dedicará atenção extra para a criança viajando sozinha, garantindo a segurança e conforto pelo percurso.

Para o maior de 12 anos viajando sozinho, a contratação do serviço de menor desacompanhado é opcional, mas recomenda-se a contratação do seguro viagem para evitar contratempos e despesas inesperadas no decorrer da viagem.

Para os adolescentes acima de 12 anos, em alguns casos pode ser benéfico ter o serviço de menor desacompanhado. O serviço em casos como viajantes de primeira viagem, garante atenção redobrada ao passageiro por um membro da tripulação, o que pode aumentar o conforto e diminuir o nervosismo do adolescente viajando.

 

Jovem ou idoso, terceira idade ou primeira. O importante aqui é a segurança e a tranquilidade de uma boa viagem para o passageiro. A contratação do seguro viagem  (clique no link ao lado para ter acesso ao maior site do Brasil nessa área) em ambos os casos garante as despesas médicas em caso de acidente ou doença no exterior e facilita muito numa emergência. Tome todas as precauções para não passar aperto depois. Planeje bem a sua viagem e divirta-se no seu destino!

9h16k